SEGURANÇA NOS AEROPORTOS NO BRASIL E NO EXTERIOR (O QUE PODE OU NÃO LEVAR)

No Comments

NO BRASIL

A Anac acompanha a adoção das novas medidas e recomenda que os passageiros cheguem ao embarque com duas horas de antecedência

Desde 2016 novas medidas de segurança passaram a valer nos aeroportos brasileiros. Os procedimentos de inspeção abrangem revista de passageiros para o acesso às áreas restritas dos aeroportos (áreas de embarque, pista e aeronaves) e a inspeção de bagagens de mão.

Os novos procedimentos fazem parte de um padrão internacional de segurança. No Brasil, as normas fazem parte da norma 107 do Regulamento Brasileiro de Aviação Civil, editada pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

Conheça os detalhes dos novos procedimentos:

A revista física aleatória é aquela em que o passageiro é revistado por um Agente de Proteção da Aviação Civil (APAC) do mesmo sexo, independentemente do disparo do alarme do equipamento de Raios X. A revista poderá ocorrer em local público ou reservado, a critério do passageiro e dos APAC, e com presença de testemunha.

A retirada de computador portátil e de outros dispositivos eletrônicos do interior de malas e mochilas transportadas na bagagem de mão também será obrigatória na passagem pelo Raios X para voos domésticos. Atualmente, essa medida é adotada para voos internacionais.

A inspeção manual aleatória de pertences de mão no momento da passagem pelo equipamento de Raios X também poderá ser solicitada; nesse caso, os passageiros deverão abrir suas bagagens de mão para inspeção pelos APAC.

Período de adaptação

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) acompanha a adoção dos novos procedimentos de inspeção para voos domésticos neste primeiro dia de vigência das novas medidas. Foram observados impactos específicos em alguns terminais, com maior reflexo no aeroporto de Congonhas (SP). O órgão regulador está em contato com o operador aeroportuário a fim de identificar problemas e soluções a serem implementadas.

Recomendações

A Anac recomenda que os passageiros cheguem ao embarque com duas horas de antecedência e sugere a retirada antecipada de notebooks da bagagem de mão; assim como cintos, relógios e objetos metálicos antes da passagem pelo pórtico (Raios X). Os procedimentos colaboram com a celeridade do processo.

Fonte: http://www.brasil.gov.br/defesa-e-seguranca/2016/07/normas-de-seguranca-estao-mais-rigorosas-nos-aeroportos-do-pais

NO EXTERIOR

Novas Normas de Segurança nos Aeroportos Intrnacionais : 

Para protegê-lo contra a ameaça de explosivos líquidos, a União Européia (UE) adotou novas medidas de segurança que limitam a quantidade de líquidos com que pode passar através dos controles de segurança. Estas medidas aplicam-se a todos os passageiros com partida de aeroportos da UE, qualquer que seja o seu destino. Isto significa que nos controles de segurança você e a sua bagagem de mão serão inspecionados à procura de líquidos, para além de outros artigos proibidos. Contudo, as novas medidas de segurança não limitam os líquidos que possa comprar nas lojas localizadas depois de passar o ponto no qual lhe é pedido que mostre o seu cartão de embarque, ou a bordo de um avião operado por uma linha aérea da UE. As novas medidas de segurança estão em vigor desde o dia 6 de Novembro de 2006, em todos os aeroportos da UE, além dos da Noruega, Islândia e Suíça, até novo aviso.

Enquanto prepara a sua bagagem: 

Tenha presente que apenas lhe será permitido levar pequenas quantidades de líquidos na sua bagagem de mão. Estes líquidos devem estar em embalagens individuais com um máximo de 100 ml. de capacidade cada uma. Estas embalagens devem ser colocadas num saco plástico transparente com fecho auto-adesivo ou outro com capacidade não superior a 1 litro por passageiro.

No aeroporto:
Para ajudar o pessoal de segurança, deve-se:

*Apresentar todos os líquidos que leve ao pessoal de segurança para a sua inspeção no ponto de controle.
*Tirar o seu casaco/sobretudo, que será inspecionado em separado, enquanto passa o controle de segurança.
*Retirar os computadores portáteis e outros objetos eletrônicos grandes da sua bagagem de mão, que serão inspecionados em separado, enquanto passa o controle de segurança.

O que se consideram líquidos, de acordo com as novas normas:

*Água e outras bebidas, sopas, caldas, xaropes
*Cremes, loções e óleos
*Perfumes
*Sprays
*Gels, incluindo xampus e gel de banho
*Os conteúdos das embalagens pressurizadas, incluindo espuma de barbear e desodorizantes
*Pastas, incluindo pasta de dentes
*Misturas de sólido-líquido
*Rímel
*Qualquer outro objeto de consistência semelhante

O que alterou?
Pode:

Levar líquidos na sua bagagem no porão porque as novas medidas apenas afetam a bagagem de mão.
*Levar na sua bagagem de mão medicamentos e alimentos dietéticos, incluindo comida de bêbes, necessários para a sua utilização durante a viagem. Pode ser-lhe pedido que apresente prova de que são necessários.
*Comprar líquidos como bebidas e perfumes, quer seja numa loja de um aeroporto da UE que esteja situada depois de passado o ponto no qual deve mostrar o seu cartão de embarque, ou a bordo de um avião operado por uma linha aérea da UE. Se foram vendidos num saco especialmente selado, não o abra antes de passar pelo controle de segurança (caso contrário os conteúdos podem ser confiscados). Se fizer escala/transbordo num aeroporto da União Européia não abra o saco antes de passar pelo controle de segurança no último aeroporto de ligação.Estes líquidos são adicionais às quantidades que se podem levar no saco de plástico com fecho auto adesivo referido anteriormente.
Se tiver alguma dúvida, por favor pergunte à sua companhia aérea.

Categories: Planejamento

Deixe uma resposta